Sunday, March 7, 2010

A steam tram / Um "americano" a vapor


The presence of a train along a road and through the streets of cities and towns may seem strange today, but it wasn't uncommon in the last decades of the 19th and early 20th centuries. In Portugal, our great-grandparents could have travelled in these picturesque contraptions not only in larger cities such as Lisbon, Porto or Braga: Some others became famous like the one linking Penafiel to Lixa and Entre-Os-Rios, or the Torres Novas to Alcanena, among a few others whose existence so fleeting and obscure is not fully confirmed. Today almost nothing of this remains, beyond a few documents and photographic records, also scarce themselves. I cannot describe the fascination caused by those pictures, especially when accompanied by matching buildings and characters, and this work is rather an attempt to convey these feelings, added with something I've always been curious but impossible to find on these images, except perhaps in paintings: The "color" of that time ...
A presença de um comboio circulando ao longo de uma estrada e atravessando as ruas de cidades e vilas poderá parecer hoje estranha, mas não era incomum nas últimas décadas do século XIX e primeiras do XX. No nosso País, os nossos bisavós poderiam ter viajado nestas pitorescas traquitanas não apenas em cidades maiores como Lisboa, Porto ou Braga: Foram também célebres as linhas deste tipo que ligavam Penafiel à Lixa e Entre-Os-Rios, ou a de Torres Novas a Alcanena, entre mais umas quantas cuja existência de tão efémera e obscura não está totalmente confirmada. De tudo isto resta hoje quase nada para além de alguns documentos e registos fotográficos, também eles pouco abundantes. Não consigo descrever o fascínio que me causam essas imagens, sobretudo quando acompanhadas de construções e personagens a condizer, e este trabalho é um pouco uma tentativa de transmitir essas sensações, acrescido de algo impossível de encontrar nessas imagens – a não ser talvez na pintura - e que sempre me despertou a curiosidade: A “cor” desse tempo...
Fabriano Artistico rough 7"x 5" - 140lb (18x12,5cm - 300g/m2) paper
Available: Click here / Disponível: Clique aqui

2 comments:

Villager said...

Muito interessante este post…um pedaço de história menos conhecida.
Para não falar da originalidade da aguarela.

Paulo J. Mendes said...

Obrigado, Villager... Estava a ver uns sites de postais antigos, e de repente "deu-me" p'ra isto :))
Um abraço!!