Thursday, March 25, 2010

A local shop / Uma loja de bairro


The old local shops... Only a few remain. As a child, supermarkets were rare, and it was on these that day-to-day purchases were made. How many of us were told by Mom to run to the corner store in search of something that suddenly missed in the simmering dinner? The expense was noted on a book, paid at the end of the month and, while waiting, glances were thrown to the sweets, real treasures for special days, in a jar on the top of the counter. In many one could also buy stamps, small hardware, make a phone call, and maybe enjoy a refreshment or a bowl of wine...
I remember about ten years ago, in a visit to a country in northern Europe, having stopped in a kind of museum shop, a reconstruction of an old-times establishment, and being surprised to see that many of the “vintage” objects could still be found relatively easily in our neighborhood stores ... How it will be here in ten, twenty years?
As velhas lojas de bairro... Já são poucas as que subsistem. Quando era criança, supermercados eram coisa rara e era nestas que se faziam as compras para o dia-a-dia. Quantos de nós não foram mandados pela Mãe a correr à loja da esquina em demanda de algo que de repente faltou no jantar que já fervia? A despesa era assente num livrinho, pagava-se ao fim do mês e enquanto se esperava deitava-se uma mirada às goluseimas, verdadeiros tesouros para dias especiais, num frasco em cima do balcão. Em muitas podia-se também comprar selos, utensílios, telefonar, e quem sabe até tomar um refresco ou uma malga de vinho...
Recordo-me de há uma dezena de anos, numa visita a um país do norte da Europa, ter parado numa espécie de loja-museu, reconstrução de um estabelecimento de outros tempos, e me ter surpreendido ao ver que muitos dos supostos objectos “de época” ainda podiam ser encontrados com relativa facilidade nas nossas lojas de bairro... Como será por cá daqui a dez, vinte anos?
Fabriano Artistico rough 7"x 5" - 140lb (18x12,5cm - 300g/m2) paper
Available: Click here / Disponível: Clique aqui

8 comments:

Rafael Carvalho said...

Em cartuchos de papel mata-borrão, muitas vezes comprei eu colorau avulso na loja da minha terra, propriedade da D. Leonilde!...
Cumprimentos.

Paulo J. Mendes said...

Saudades desses cartuchos... E do papel de embrulho que depois servia para fazer desenhos :))

智恵 said...

It seems very local.
This local house has beautiful blue
azulejos.
There is no cat in this picture...


Have a nice day.
C

Paulo J. Mendes said...

I think the dog would chase the cat if he saw it...
Have a great day too :))

Rob Carey said...

The amount of details here is amazing, Paulo. And it captures a beautiful time, so rare.

Paulo J. Mendes said...

Thank you, Rob. A time still existing, but vanishing quickly.

Luís Bonito said...

Concordo inteiramente, a riqueza dos detalhes, especialmente na casa e na estrada, estão admiráveis.
Abraço, Paulo.

Paulo J. Mendes said...

Obrigado, Luís. Este foi bastante divertido de pintar.
Um grande abraço!!