Monday, January 4, 2010

Half-dozen cats / Meia dúzia de gatos


The brief morning sun, warming the stones of this rough yard, is enough for the enjoyment of half-dozen cats, so they can take a rest of their busy life checking their territory, and hunting the abundant creatures lurking in countless holes, wineries, barns, yards, fields, etc.. I'm one of those who believe that cats are one of the greatest contributions to human happiness and, for that reason I offer them, at least within these small rectangles of paper, a life far more cheerful and carefree than they often get before them in the real world.
O breve sol da manhã que aquece as pedras deste tosco pátio é quanto basta para o desfrute de meia dúzia de gatos, que assim descansam da sua ocupada vida a percorrer os seus territórios e a caçar o que de abundante vai espreitando em incontáveis orifícios, adegas, lojas, quintais, campos, etc. Sou dos que acreditam que os gatos são um dos maiores contributos para a felicidade humana e por isso mesmo lhes ofereço, ao menos dentro destes pequenos rectângulos de papel, uma existência bem mais risonha e despreocupada do que muitas vezes se lhes depara no mundo real.
Sold / Vendido

3 comments:

Katia Ohienko said...

A beautiful rendition Paulo, and a beautiful sentiment...Katia

Rafael Carvalho said...

Os socalcos ao fundo, as vinhas, os dois ciprestes e o tabique, denunciam a inspiração duriense...
Cumprimentos.

Paulo J. Mendes said...

Thank you, Katia; Cats are always a blessing and an inspiration, not only in painting.

Rafael, a inspiração não podia ser outra de facto... Já ando em pulgas para dar um salto a estes lugares e encontrar muitos e maravilhosos tabiques.