Wednesday, June 30, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 235


Many of my sketches end with a bridge over a river... I was going to say 50%, but decided to be more accurate and counted them since January. Tricky memory: Nine after all, including this one :))
Muitos dos meus esboços acabam com uma ponte sobre um rio... Ia dizer 50%, mas decidi ser mais preciso e fui contá-los desde Janeiro. Memória traiçoeira: Nove ao todo, incluindo este :))

Tuesday, June 29, 2010

Yellow house / Casa amarela


The afternoon sunlight falling over the house that gives the title to this work, the simplest of all images. Just one scene of “the suburbs of any town", a term often used here, as those same places are a major source of inspiration for these small works. And that's it, no so much left to say... Let's enjoy the warmth.
O sol da tarde incidindo sobre a casa que dá o título a este trabalho, numa imagem do mais simples que pode haver. Apenas mais uma cena “dos arrabaldes de uma qualquer vila”, essa expressão já tantas vezes aqui usada, ou não fossem esses mesmos lugares uma das principais fontes de inspiração para estes pequenos trabalhos. E pronto, não há muito mais para dizer... Aproveite-se o calorzinho.
Fabriano Artistico rough 7"x 5" - 140lb (18x12,5cm - 300g/m2) paper
Sold / Vendido

Monday, June 28, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 234


Sticks, stones, green an water: A mixture of textures just as I like.
Pedras, paus, verde e água: Uma amálgama de texturas como eu gosto.

Sunday, June 27, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 233


I prefer non-monumental architecture... But my pencil and I don't agree sometimes.
Prefiro a arquitectura não-monumental... Mas nem sempre eu e o lápis estamos de acordo.

Saturday, June 26, 2010

The descending dog / O cachorro descendente


It may be easy for a person to be carried away by an enthusiastic dog in a "back-cracker" as this sloping street appears to be, and this four-legged friend is not even one of the biggest. Well, there may be some compensation at the returning time, if the enthusiasm has not waned. All this happens in a reasonably sunny day that enables those who are not meddlesome in similar troubles, to enjoy the views from a hillside full of scattered houses, so typical of the Minho. On a rainy day, with the wet stones surrounded by ranges of slippery grass, I do not know how all this would have ended...
Não deve ser fácil para uma pessoa deixar-se levar por um cão entusiasmado num “quebra-costas” como esta calçada aparenta ser, e este amigo de quatro patas até nem é dos maiorzinhos. Enfim, talvez haja compensação por alturas do regresso, no caso de o entusiasmo não ter esmorecido. Tudo isto se vai passando num dia razoavelmente ensolarado que permite, a quem não esteja metido em semelhantes trabalhos, gozar as vistas para uma encosta de casas dispersas, tão típica das paragens Minhotas. Num dia de chuva, com as pedras molhadas e envolvidas por escorregadios intervalos de relva, não sei como tudo isto terminaria...
Fabriano Artistico rough 5"x 7" - 140lb (12,5x18cm - 300g/m2) paper
Available / Disponível: Quasiloja - Click here / Clique aqui

Friday, June 25, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 232


A big match will take place this afternoon, so it's very likely that many streets will be emptied...
Um jogo dos grandes terá lugar esta tarde, pelo que muitas ruas se esvaziarão...

Thursday, June 24, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 231


Summer arrived. Time for a couple of beers with a few buddies in the local tavern... Alchohol-free for me, please.
Chegou o Verão. Tempo para umas cervejolas com uns quantos amigalhaços no tasco da aldeia... P'ra mim sem álcool, s.f.f.

Wednesday, June 23, 2010

A man eating watermelon in his backyard / Um homem a comer melancia no seu quintal


Since I started painting these small works that have tended to "jump" between imaginary places of my two favorite Portuguese regions: the Minho, in its mountainous side, and the Douro, in its “magical-vineyardish” one, with occasional incursions by other latitudes, because there are some that I also greatly appreciate... Everything depends on which side the "compass" points, as well as the number of references that my rusty memory provides me at the time when a new work is about to be born - or try to - still as a sketch, which is always the starting point for everything else.
What does all this have to do with the title of this work? Nothing. Since it was sufficiently descriptive and does not leave me much to say about the scene, I opted for this little digression taking its "geographic" side as excuse, in this case the second of my top regions mentioned above.
Desde que comecei a pintar estes pequenos trabalhos que a tendência tem sido andar a “saltar” entre recantos imaginários das minhas duas regiões preferidas do País: o Minho, na sua vertente serrana ou mais propriamente “Penedo-Geresiana”, e o Douro, na sua vertente mágico-vinhateira, com ocasionais incursões por uma ou outra latitude, porque outras há que também muito aprecio... No fundo, tudo depende do lado para o qual aponta a “bússola”, e da quantidade de referências que a minha enferrujada memória me disponibiliza na altura em que um novo trabalho está em vias de nascer – ou tentar nascer – ainda sob a forma de esboço, que é sempre o ponto de partida para tudo o resto.
Que tem tudo isto a ver com o título deste trabalho? Nada. Sendo ele suficientemente descritivo, e não me sobrando muito que dizer acerca da cena, optei por esta pequena divagação aproveitando o lado “geográfico” da mesma, aqui remetendo para a segunda das minhas mencionadas regiões de topo.
Fabriano Artistico rough 5"x 7" - 140lb (12,5x18cm - 300g/m2) paper
Available: Click here / Disponível: Clique aqui

Tuesday, June 22, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 230


Ok, I'll have to decode all these vegetables...
Enfim, lá terei que descodificar toda esta hortaliça...

Monday, June 21, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 229


A scenic backyard: Some pencils are happy :)
Um quintal com boas vistas: Há lápis felizes :)

Sunday, June 20, 2010

Land of all colors / Terra de todas as cores


And here we are in an imaginary place located just at the doors of the beautiful mountains of Gerês, where the Minho-of-all-colors-plus-all-green-you-may-want-to-add becomes a mountain of granite cliffs... Beautiful and colorful, that's how I found the hills that inspired this work that only faintly honors them, on a sunny morning when I went there to get back in touch. And since today is no less brighter than this short journey of good memory, I shall complete the exercise of imagination by seeing me taking the same village access road by which the intrepid biker amounts, and take a shortcut that descends from one of its narrow winding streets to a place where a river makes a pool of clear water... If ther's no "post" tomorrow, it is because I've set up a tent and let myself stay there.
E cá estamos nós num local imaginário situado mesmo às portas das belas serranias do Gerês, ali onde o Minho-de-todas-as-cores-mais-todo-o verde-que-se-queira-acrescentar se faz montanha de incontáveis e graníticos penedos... Belas e coloridas, foi assim que encontrei as encostas que inspiraram este trabalho que só tenuemente as homenageia, numa manhã soalheira em que por lá andei a matar as saudades. E como o dia de hoje não está menos risonho do que o dessa curta jornada de boa memória, completarei o exercício de imaginação vendo-me a tomar esse mesmo caminho de acesso a uma aldeia por onde ascende o intrépido “motocardo”, e tomar um atalho que desce desde uma das suas ruas tortuosas até um local onde um rio faz uma piscina de água límpida... Se amanhã não houver “post”, é porque armei tenda e me deixei ficar por lá.
Lanaquarelle cold pressed 8"x 8" - 140lb (20x20cm - 300g/m2) paper
Available: Click here / Disponível: Clique aqui

Saturday, June 19, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 228


There's more green in this 8x8" square than in some city blocks...
Há mais verdura neste quadrado de 20x20cm do que em certos quarteirões de algumas cidades...

Friday, June 18, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 227


Nothing special, just a few houses...
Nada de especial, só umas casitas...

Thursday, June 17, 2010

Pink stories / Histórias cor-de-rosa


Pink indeed, but more because of the house color, one of these beautiful houses on the outskirts of any town, than because of the lively conversation content between the three neighbors, while the impatient child just wants to go home to see the cartoons on TV... Unless it may really be the color of the debated subject, if it concerns a sentimental life in the vicinity. If an envy gossip is on the loose, it will be then more green, or a purple in the case of a wrathful and moralist indignation, or a frosty blue if there is a creepy health problem, the king of subjects exaggerated to measure. But for myself, the one who has a reason to be of all colors is the character at the right when, in the tranquility of her favorite corner in the garden, she suddenly realises that is about her they are talking about...
Cor-de-rosa sim, mas mais por causa da cor da casa, uma dessas belas casas dos arredores de qualquer vila, do que por causa do teor da animada conversa entre as três vizinhas, ante a impaciência do crianço que só quer ir para casa ver os bonecos na televisão... A menos que seja mesmo essa a cor do assunto que tão vivamente se debate, caso esteja em questão uma vida sentimental das redondezas. Se a inveja maledicente estiver à solta, será então mais o verde; Um colérico púrpura havendo indignação moralista, um enregelador azul perante um arrepiante problema de saúde exagerado à medida, ou não fosse este o rei dos assuntos. Mas cá para mim, quem tem razão para ficar de todas as cores é a personagem à direita quando, na tranquilidade do seu recanto preferido no jardim, se apercebe de repente que é dela que estão a falar...
Fabriano Artistico rough 5"x 7" - 140lb (12,5x18cm - 300g/m2) paper
Available / À venda na: Quasiloja - Click here / Clique aqui

Wednesday, June 16, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 226


Oh, the Minho in its full glorious colors!! - I think I wrote this before...
Oh, o Minho nas suas cores gloriosas!! - Acho que já escrevi isto...

Tuesday, June 15, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 225


Oh, the Minho in its full glorious colors!!
Oh, o Minho nas suas cores gloriosas!!

Monday, June 14, 2010

A quiet corner / Um recanto sossegado


Must be the age. More and more I appreciate all these elements that, together, contribute to form what may be called a "quiet corner". Where may be possible for a person to sit on a stone bench like the one near which the mother cat warns the little ones to the street dangers, and enjoy whatever is to be enjoyed at the moment: The distant voices between two notes of the singing river, the freshness of the vine, the colorful floral notes, the facades that do not harm... Anyway, just by imagining and putting on paper this whole scene, already I feel my heart beating more slowly.
Deve ser da idade. Cada vez mais aprecio todos esses elementos que, em conjunto, contribuem para formar aquilo a que se pode designar um “recanto sossegado”. Onde seja possível uma pessoa sentar-se num banco de pedra como aquele perto do qual a mãe gata adverte os pequenotes para os perigos da rua, e desfrutar do que houver a desfrutar no momento: As vozes distantes entre duas notas do cantar do rio, a frescura da vinha, os coloridos apontamentos florais, as fachadas que não agridem... Enfim, só de imaginar e passar para o papel toda esta cena já sinto o coração a bater mais devagar.
Fabriano Artistico rough 7"x 5" - 140lb (18x12,5cm - 300g/m2) paper
Sold / Vendido

Saturday, June 12, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 223


Why I'm not here? That's the only question I have today.
Porque não estou aqui? É a única pergunta que tenho hoje.

Friday, June 11, 2010

An old woman shelling broad beans / Uma velhota a descascar favas


I previously praised the broad bean here, that beautiful legume I count among my favorites at the table, to the point of having devoted a piece of my yesterday morning to do exactly the same of this nice old lady, with the difference that behind me I had not one of these crooked and magnificent examples of traditional house, a genre that also has been here the focus of my flattering attention...
So what else can we speak about? Perhaps the existential doubt that was taking me as long as the brush was progressing in its advance by the rectangular arena: Is this same old woman who wears the pink trousers we see hanging?
Já em tempos aqui fiz o elogio da fava, essa bela leguminosa que conto entre as minhas preferidas à mesa, a ponto de ter dedicado um pedaço da manhã de ontem a fazer exactamente o mesmo que faz esta simpática velhota, com a diferença de que atrás de mim não tinha um destes desconchavados e magníficos exemplares de casa tradicional, de um género que também por aqui já foi alvo da minha elogiosa atenção...
Resta-nos pois falar de quê? Talvez da dúvida existencial que foi tomando conta de mim à medida que o pincel ia progredindo no seu avanço pela rectangular arena: Será que é ela, esta mesma velhota, quem veste as calças cor-de-rosa que vemos dependuradas?
Fabriano Artistico rough 7"x 5" - 140lb (18x12,5cm - 300g/m2) paper
Sold / Vendido

Thursday, June 10, 2010

Wednesday, June 9, 2010

Tuesday, June 8, 2010

Two trains that cross / Dois comboios que se cruzam


Two trains are about to cross at a station in an imaginary location that could well be located between Vila Meã and Marco de Canaveses... That is, somewhere across the Douro railway, but not the more "photogenic" Douro railway, the one in which tracks and river come together from one point to form one of the world's most beautiful rail journeys. Here, it is still the section that precedes the wonder, the first hour of the trip, where the magical river is still far away and the grapes that hang from trellises still gives the “vinho verde”, a section itself also very attractive, just having against it the role stolen by the most emblematic part of the journey, but also some suburbanization that has taken over its landscape in recent decades. This one dilutes, however, on the green as we move away from the coast, and yet does not prevent the careful observer to discover treasures such as beautiful fields, orchards and vineyards, interesting traditional houses, rivers, streams and mills, and much more in a continuous parade of countless details...
Like the appetizer precedes the main dish in one of those memorable meals, I recommend to the future Douro rail traveller - if such line is not to be closed meanwhile, because now things are as they are here - to savor slowly and carefully this still green journey starter.
Dois comboios estão prestes a cruzar-se na estação de uma localidade imaginária que bem se poderia situar por ali entre a Vila Meã e o Marco de Canaveses... Ou seja, algures no trajecto da linha do Douro, mas não a linha do Douro mais “fotogénica”, ou seja, aquela em que ferrovia e rio se unem a partir de um ponto para formarem um dos mais belos trajectos sobre carris de todo o mundo. Aqui, é ainda o troço que antecede o deslumbramento, a primeira hora da viagem, onde o rio mágico ainda está longe e as uvas que pendem das latadas ainda dão vinho verde, troço esse por si mesmo também bastante atractivo, tendo apenas contra ele o protagonismo roubado pela parte mais emblemática da viagem, mas também alguma suburbanização que tem tomado conta da paisagem nas últimas décadas. Dilui-se esta, contudo, no verde à medida que nos afastamos do litoral, e não obsta a que no meio da mesma o observador atento descubra preciosidades tais como belos campos, hortas e vinhas, interessantes casas tradicionais, rios, riachos e moinhos, e muito mais num contínuo desfilar de incontáveis pormenores...
Assim como a entrada antecede o prato principal num daqueles manjares inesquecíveis, recomendo ao futuro viajante da linha do Douro – se entretanto não acabarem com ela, porque por cá as coisas estão como estão – que saboreie devagar e atentamente este ainda verdejante aperitivo da viagem.
Lanaquarelle 8"x 8" - 140lb (20x20cm - 300g/m2) paper
Available: click here / Disponível: Clique aqui

Sunday, June 6, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 219


There's always something happening behind a church.
Há sempre algo a acontecer atrás de uma igreja.

Saturday, June 5, 2010

You're the boss / A patroa é que sabe


For the title of this work, is good to see who's the boss around there... The old lady strictly manages the fates of the old farmhouse, and doesn't look like she's used to be contradicted: "When I die you may do as you want, but until there it is as I say, and who does not like it can go to the farm next door," she says with a bossy air, and so if she says the ladder is to go there, it is for there that it goes...
What seems obvious is that this whole story was nothing more than an excuse to portray the house that serves as the backdrop, one of those farmhouses composed of several bodies and materials added over the decades, and which results in a feast for the eyes and a jewel for the landscape.
Pelo título deste trabalho, está bom de ver quem é que manda nas redondezas... A velha senhora gere com mão de ferro os destinos da velha quinta, e não parece que esteja habituada a que a contrariem: “Quando eu morrer fazem como quiserem, mas até lá é como eu digo e quem não gosta pode ir trabalhar para a quinta do vizinho”, assim o diz com ar mandão, e se ela diz que o escadote vai para ali, é para ali que ele vai a toque de caixa...
O que está visto é que toda esta história não foi mais do que um pretexto para retratar a casa que lhe serve de cenário, uma daquelas casas de quinta compostas por vários corpos e materiais que lhes foram sendo acrescentados ao longo de décadas, e que resulta num regalo para a vista e numa jóia para a paisagem.
Fabriano Artistico cold pressed 5"x 7" - 140lb (12,5x18cm - 300g/m2) paper
Available / Disponível: Quasiloja - Click here / Clique aqui

Friday, June 4, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 218


Sometimes the pencil escapes me to these big houses...
Às vezes foge-me o lápis para estas casas enormes...

Wednesday, June 2, 2010

A moment of light / Momento de luz


For this very simple work, I wasn't worried about the "physical" or rather, architectural and geographical aspects of the depicted landscape, although we do not lack places where this one could be located ... Here, the idea was to capture a moment in a bright sunny afternoon, a time of day that is particularly beautiful at the time of year that we are now experiencing. Not that every moment of the day doesn't have its charm in any season, something for which a cloudless sky isn't even essential, but this particular time, when the light starts to acquire the golden tone that signals the first steps of the king of stars towards the antipodes, has a special magic for me.
Para este trabalho muito simples, não estive preocupado com o lado “físico” ou, melhor dizendo, arquitectural e geográfico da paisagem retratada, embora não faltem lugares onde esta se pudesse situar... Aqui a ideia era capturar um instante luminoso de uma tarde soalheira, um momento do dia que adquire particular beleza na altura do ano que estamos agora a atravessar. Não que todos os instantes do dia não tenham o seu encanto em qualquer altura do ano, algo para o que nem é preciso que o céu esteja limpo de nuvens, mas este momento em particular, quando a luz começa a adquirir o tom dourado que sinaliza os primeiros passos da caminhada do astro-rei rumo aos antípodas, tem para mim uma magia especial.
Fabriano Artistico rough 7"x 5" - 140lb (18x12,5cm - 300g/m2) paper
Available: Click here / Disponível: Clique aqui

Tuesday, June 1, 2010

Today's sketch / O esboço do dia - 216


I think I had an attack of simplicity...
Acho que tive um ataque de simplicidade...