Sunday, February 13, 2011

A lavar a roupa / The laundry


Papel Fabriano Artistico cold pressed 12,5x18cm - 300g/m2 (5"x 7" – 140lb)
Disponível: Clique aqui / Available: Click here

9 comments:

AK said...

The details are just amazing. The little sunlight has been beautifully captured.

Villager said...

Neste caso os meios foram mais do que justificados para obter os fins.
Pensei ver ceroulas na linha mas afinal sao camisolas. Devem estar ainda na bacia...:)

Paulo J. Mendes said...

Thank you, Asit. Always love to explore the contrast of sunshine and shadow.

Obrigado, Villager: Acertou, as ceroulas esperam na bacia a sua vez para serem apresentadas ao "sabão-macaco".

Lefrontier said...

O gatito é que faz bem em aproveitar os raiozinhos de sol; enquanto escrvo isto, vejo o felino cá de casa que adquiriu o hábito deplorável de assentar arraiais em cima da nossa mesa redonda (no Alentejo chamamos-lhe "camilha") porque já sabe que por baixo está um aquecedor e portanto o tampo de madeira está agradavelmente quente.... Vantagem adicional: aparentemente a tampa levantada do meu laptop também emite algum calor e constitui um conveniente apoio de costas para felinos(?). Nós deixamo-lo abusar de nós... :))))
A diversidade de colorações nas pedras, algumas à sombra e outras à luz directa, umas secas e outras nas zonas mais húmidas e musgosas, são uma prova não só do virtuosismo do Paulo, como também da sua capacidade como pintor: nenhuma das quais constitui novidade para os admiradores do seu trabalho, nos quais me incluo :)

Paulo J. Mendes said...

Obrigado pelas sempre amáveis palavras, amigo Eduardo. Pois é, os nossos amigos felinos sabem muito bem aproveitar o calor: Há sempre um aqui junto ao portátil, de preferência a tentar bloquear a saída de ventilação. E quando vai embora, vem outro... Não se admire se um dia estiver sem postar nada por uns tempos :)))

Isabel P.Lima said...

Estupenda estampa,igual que tantas otras...con ese sol de invierno que apenas calienta.Esas mujeres¡cómo me recuerdan a mi abuela!.
Felicitaciones.

Paulo J. Mendes said...

Gracias, Isabel :)))
Saludos!

Luís B said...

Ainda antes de ler o seu texto já estava a imaginar que neste lugar no Inverno, e ainda por cima à sombra, aquelas mão devem estar enregeladas :-)
Bela cena.
Um abraço

Paulo J. Mendes said...

Não estarão mais do que as minhas hoje, neste gélido dia de chuva... E não estou a lavar roupa, embora ela esteja pouco menos molhada. Deve ser o castigo por ser tão mauzinho para com as minhas personagens :)))
Um abraço!